quarta-feira, janeiro 07, 2009

Conquista ganha biblioteca comunitária

Vitória da Conquista foi selecionada no Concurso Pontos de Leitura 2008 - Edição Machado de Assis, desenvolvido pelo Ministério da Cultura. O projeto "Biblioteca Comunitária Oswaldo Orlando da Costa", elaborado pela Agência de Desenvolvimento, Trabalho e Renda/ADTR, foi o 92º colocado, entre as 516 iniciativas selecionadas em todo o país.

O projeto, desenvolvido em parceria entre o governo municipal, a ONG Oficina da Cidadania e a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia/UESB, vai beneficiar moradores do bairro São Vicente, alunos do Cidadania Pré-vestibular para Afrodescendentes e dos cursos do Pronera, TOPA e de inclusão digital da Federação dos Trabalhadores em Agricultura/FETAG.
A Biblioteca Comunitária receberá um kit composto por 500 livros, mobiliário básico e computador, no valor unitário de R$ 20 mil reais. Ela funcionará em duas salas na sede da FETAG, em horário comercial. A inauguração está prevista para o mês de fevereiro.
O homenageado - Oswaldo Orlando da Costa foi um dos principais integrantes da Guerrilha do Araguaia, ocorrida na região Norte do Brasil, na década de 70, de combate à Ditadura Militar. Negro, forte, com quase dois metros de altura, ele era uma figura inconfundível. Quem o conheceu se refere a ele como um homem alegre, sensível e extremamente justo.
Comunista, Osvaldão foi obrigado a viver na clandestinidade depois do golpe militar de 1964, quando passou a ser procurado. Antes, porém, foi campeão de boxe pelo clube Botafogo, do Rio de Janeiro, e estudante de Engenharia de Minas, em Praga, na Checoslováquia, onde viveu alguns anos até formar-se. (Fonte: Ascom da Prefeitura de Vitória da Conquista)